Menu

Programa da CIA rastreia localização de aparelhos ligados a redes de Wi-Fi, diz WikiLeaks

O WikiLeaks revelou nesta quarta-feira (28) que a CIA, agência de inteligência americana, utiliza um programa de computador para rastrear aparelhos que tenham conexão com redes de Wi-Fi. Com isso, a organização pode observar os hábitos de deslocamento de possíveis suspeitos.

Segundo os documentos publicados, o malware Elsa é instalado na máquina alvo através de outras estratégias da agência, e depois consegue identificar a posição mesmo que não exista conexão com a internet. É necessário apenas que a função Wi-Fi esteja ligada.

O programa rastreia diversas informações das redes próximas ao aparelho em intervalos regulares.

Se conseguir conexão com a internet, automaticamente tenta utilizar bases de dados de geolocalização do Google ou da Microsoft para estabelecer a posição exata da máquina, com longitude e latitude e horário.

As informações ficam registradas no aparelho, e devem ser acessadas por outros métodos desenvolvidos pela agência.

Originalmente em G1.com.br

0

A Redação do OndaTOP, é responsável pelo compartilhamento de informações relevantes ao público do Canal, e pela editoria oficial de materiais que sejam elaborados a pedido da gestão do Grupo DigiCOM Comunicação.