Menu

PAULADAS: Jovem de Rondônia foi assassinada no ACRE

O ex-presidiário Nilton Silva da Costa, 31 anos, acusado de matar na noite desta segunda-feira (24), a jovem jaruense Carla Ferreira da Silva, 18 anos, conhecida como “Ruiva” disse à imprensa nesta manhã que não se lembra de basicamente nada do que aconteceu no dia do crime.

Nesse momento, ele se encontra preso na Unidade de Segurança Pública de Sena, mas deverá ser transferido para o presídio nas próximas horas após ser interrogado pelo delegado Marcos Frank.

“O que eu posso contar é que fomos à praça, andamos por lá e fomos pra minha casa. Mas, o que aconteceu lá dentro de casa eu não me recordo. Estou arrependido”, disse o acusado.

Nilton Silva já cumpriu pena no presídio local por tráfico de drogas.

Natural de Jaru – RO, Carla Ferreira da Silva, 18 anos, estava residindo atualmente em Sena Madureira e teria conhecido o acusado em um bar na noite do crime.

Acusado diz não se lembrar de nada

Ela foi morta com pauladas na cabeça e seu corpo foi encontrado na manhã na Rua Piauí, região do antigo Centro Social Urbano (CSU). Na residência a Polícia encontrou um litro de bebida alcoólica (Camelinho) e uma trouxinha de pasta à base de cocaína.

Amigos e familiares de Carla estão pedindo ajuda para translado do corpo da jovem, que deve ser enterrada em Jaru. Quem puder ajudar, deposite qualquer valor na Agência 1401-X Conta: 29339-3  em nome de Patrícia Dias dos Santos (Banco do Brasil).

Via Conexão Rondônia

0

Anderson Guizolfe
Anderson Guizolfe é jornalista, fotógrafo profissional e se aventura no marketing e em novas tecnologias. Faz coberturas fotográficas dinâmicas em diversos eventos, e à 12 anos garimpa informações e notícias entre uma faculdade ou outra, e o serviço público.