Menu

MICROCEFALIA: Na rede pública SUS incorpora medicamento para tratamento

A equipe gestora do Sistema Único de Saúde incorporou recentemente o medicamento levetiracetam para o tratamento de convulsões em pacientes com microcefalia. A informação foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (4) e  deve beneficiar milhares de pacientes afetados com o vírus da zika.

O medicamento, é também conhecido pelo nome comercial Keppra, atua contra as convulsões em pacientes com anomalias decorrentes de infecção pelo vírus da zika.

O prazo máximo para a incorporação do SUS é de 180 dias a partir da data de publicação da incorporação, devidamente publicada no Diário Oficial.

O Keppra também foi adotado para o tratamento coadjuvante, associadamente  a outras terapias em pacientes com epilepsia mioclônica juvenil (EMJ), tipo de epilepsia crônica comum na adolescência.

Fonte das Informações EBC e  Globo.com

0

Anderson Guizolfe
Anderson Guizolfe é jornalista, fotógrafo profissional e se aventura no marketing e em novas tecnologias. Faz coberturas fotográficas dinâmicas em diversos eventos, e à 12 anos garimpa informações e notícias entre uma faculdade ou outra, e o serviço público.