Menu

Funai de Rondônia estrebucha na agonia

Esta derrubada ocorreu há mais de cinco anos numa área vizinha à Reserva Etnoambiental do Guaporé. Fiz um álbum do que vi por lá. Um impacto enorme.

Passado esse período, eis que nesta semana nos deparamos com a demissão de 87 servidores de cargos comissionados da Fundação Nacional do Índio (Funai) e a extinção de 51 Coordenações Técnicas Locais, das quais, 40 atendiam índios de áreas remotas e cujos territórios sofrem sofrem pressões de garimpos, grileiros, alguns madeireiros, fazendeiros e narcotraficantes.

O presidente Michel Temer, os ministros da Justiça, Osmar Serraglio, e do Planejamento, Dyogo de Oliveira, publicaram o decreto extinguindo quase 12% do total de cargos dos 770 então existentes no órgão indigenista.

Escritórios regionais, áreas responsáveis pelas demarcações e pela análise do licenciamento ambiental de obras que afetam as Terras Indígenas são os mais atingidos.

O novo corte extinguiu em Rondônia as coordenadorias de Cacoal, Espigão do Oeste, Rolim Moura e a Frente da Coordenação Técnica Local Mirante da Serra, e a Coordenação Geral de Índios Isolados e Recém Contatados Uru-Eu-Wau-Wau.

Os servidores com essas funções são os principais interlocutores das comunidades com o órgão indigenista.

O território desse povo foi invadido por grileiros, madeireiros, fazendeiros e pequenos produtores, conforme denúncias dos próprios indígenas.

O governador Confúcio Moura queixou-se da situação em Brasília.

Tal qual define a ambientalista e indigenista Ivaneide Bandeira, coordenadora da Kanindé Associação de Defesa Etnoambiental, organização que atua com os índios Uru-Eu-Wau-Wau e Suruí, em Rondônia, o governo brasileiro está “estrangulando e matando a Funai devagar”.

De um lado é garimpo, de outro é a retirada de madeira exageradamente.

O resultado disso tudo pesará na balança ambiental de Rondônia.

Fonte: Montezuma Cruz

0

A Redação do OndaTOP, é responsável pelo compartilhamento de informações relevantes ao público do Canal, e pela editoria oficial de materiais que sejam elaborados a pedido da gestão do Grupo DigiCOM Comunicação.