Menu

CONTRA A GRIPE: Campanha de vacinação começou

A campanha de vacinação contra a gripe, do Ministério da Saúde, foi antecipada este ano e começa nesta segunda-feira, 17.

Ao contrário do que aconteceu no ano passado, quando o maior número de registros foi do vírus H1N1, agora a maior circulação tem sido do tipo H3N2.

A informação é da presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBI), Isabella Ballalai.

A presidente da entidade explica que o H3N2 é um vírus que já causou surtos no país em outros períodos e é o mais prevalente no hemisfério Norte.

Ela explica que, apesar de a população popularmente buscar a vacina do H1N1, as doses sempre contêm os tipos H1N1, H3N2 e B.

Imunização para pessoas acima dos 60 anos é aberta o ano todo

A vacinação

A campanha vai até o dia 26 de maio. Nesse período, o Ministério da Saúde espera vacinar pelo menos 54,2 milhões de brasileiros.

Uma das metas é atingir 90% da população considerada de risco para complicações por gripe.

A partir deste ano, professores das redes pública e privada passam a integrar o público-alvo.

Cerca de 2,3 milhões de profissionais da educação poderão se vacinar contra a gripe nas escolas públicas e privadas de todo o país, nos dias 2 e 3 de maio.

Público alvo

  • Pessoas a partir de 60 anos
  • Crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias)
  • Trabalhadores de saúde
  • Professores das redes pública e privada
  • Povos indígenas,
  • Gestantes,
  • Puérperas (até 45 dias após o parto),
  • Pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas –
  • Funcionários do sistema prisional.
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis
  • Pessoas com deficiências específicas

Antecipação

A médica Isabella Ballalaidiz que a antecipação do calendário é uma medida acertada, já que em 2016 os casos surgiram antes do esperado, o que provocou uma corrida pelas vacinas.

Ela afirma que a melhor época para a imunização é justamente o outono.

“O ideal seria vacinar sempre em março e abril. A gente já tem casos graves, já tem óbitos e precisa vacinar.”

Ela lembra que a vacina demora de duas a três semanas para proteger quem for imunizado.

Não é novo vírus

Ballalai explica que tanto o H1N1 como o H3N2 são tipos de influenza, portanto não existe um novo vírus em circulação no Brasil.

As variações são igualmente graves.

“Não tem mais grave e nem menos grave. Por isso as vacinas são tri ou quadrivalentes, procurando proteger de três ou quatro tipos de influenza que circulam entre nós.”

Segurança

A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos.

Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

A campanha deste ano terá como padrinho, o sambista Martinho da Vila, que vai convocar todos os públicos a se vacinarem, em especial os idosos.

Público-alvo da campanha de 2017

PÚBLICO-ALVO

ESTIMATIVA

Idosos (maio de 60 anos)

20,8

Crianças (de seis meses a menores de 5 anos)

12,8 milhões

Trabalhadores de saúde

4,6 milhões

Gestantes

2,2 milhões

Puérperas (até 45 dias após o parto)

367,2 mil

Povos indígenas

652,8 mil

População privada de liberdade

680,1 mil

Funcionários do sistema prisional

100,4 mil

Pessoas com comorbidades (diabetes; hipertensão; transplantados)

9,4 milhões

Professores da rede pública e privada

2,3 milhões.


Total do público-alvo e doses da vacina por UF

UF

PÚBLICO-ALVO

DOSES VACINA

RO

388.253

427.100

AC

225.135

247.700

AM

1.015.103

1.116.700

RR

178.189

196.100

PA

1.863.160

2.049.500

AP

179.350

197.300

TO

373.097

410.500

NORTE

4.222.287

4.644.900

MA

1.694.518

1.864.000

PI

803.829

884.300

CE

2.212.417

2.433.700

RN

863.335

949.700

PB

1.069.972

1.177.000

PE

2.329.874

2.562.900

AL

776.210

853.900

SE

509.577

560.600

BA

3.623.953

3.986.400

NORDESTE

13.883.685

15.272.500

MG

5.560.505

6.116.600

ES

968.615

1.065.500

RJ

4.554.556

5.010.100

SP

12.600.363

13.860.400

SUDESTE

23.684.039

26.052.600

PR

3.163.922

3.450.700

SC

1.864.566

2.051.100

RS

3.662.611

4.028.900

SUL

8.664.099

9.530.700

MS

749.529

824.500

MT

779.923

858.000

GO

1.573.343

1.730.700

DF

687.155

755.900

C.OESTE

3.789.950

4.169.100

Brasil

54.244.059

59.669.800

*Com informações da Veja, Portal da Saúde e SonoticiaBoa

0

Anderson Guizolfe
Anderson Guizolfe é jornalista, fotógrafo profissional e se aventura no marketing e em novas tecnologias. Faz coberturas fotográficas dinâmicas em diversos eventos, e à 12 anos garimpa informações e notícias entre uma faculdade ou outra, e o serviço público.