Menu

Prefeito Cesar Cassol discute obras contra enchentes

O prefeito de Rolim de Moura, Cesar Cassol, se reuniu nesta quinta-feira (06) com os todos os vereadores da cidade. No encontro, realizado no gabinete da presidência, o chefe do executivo local pediu apoio dos parlamentares no remanejamento de recursos do orçamento, para custear obras do controle de enchentes. A ideia, segundo ele, é construir grandes reservatórios, para evitar que a água acumule e inunde o Centro da cidade, quando houver uma grande chuva.

Cesar Cassol

Cesar Cassol

Equipes do departamento de engenharia da prefeitura já mapearam três possíveis locais onde a construção dessas piscinas poderia evitar que a água da chuva chegue com velocidade ao “Igarapé da encrenca”, como foi batizado o riacho que corta a região central do município. Em janeiro de 2014, por duas ocasiões, este curso d’água acabou enchendo rapidamente e provocando uma cheia repentina no Centro de Rolim de Moura.

“Sempre disse que precisaria do apoio da câmara para me ajudar a governar e que sozinho não daria conta. Como são obras que não estavam previstas, vim pessoalmente pedir aos vereadores que nos ajudem a colocar recursos para essas obras. Pedi que aqueles que ainda tem emendas parlamentares, que disponibilizem para esse fim. Precisamos construir esses reservatórios com urgência, sob pena de, no ano que vem, termos mais prejuízos com as cheias”, lembrou Cesar.

O prefeito também falou sobre as obras que pretende realizar no Rio Anta Atirada, o principal afluente da cidade. Seu objetivo é rebaixar o canal, dando espaço para aumentar a vazão e o recebimento de água de outros pequenos igarapés. Em alguns pontos, segundo Cesar, será necessário a detonação de rochas e demais sedimentos que existem no leito do rio. O custo dessa escavação e da construção dos piscinões deve ficar em R$ 2 milhões.

Em janeiro deste ano, depois de uma forte chuva na região de Santa Luzia, onde fica sua cabeceira, o Rio Anta acabou transbordando. A água invadiu casas e provocou o rompimento de várias pontes ao longo de seu curso. Com isso, o prefeito em exercício na época, Luizão do Trento, decretou estado de emergência.

Fonte: Assessoria Municipal

0

A Redação do OndaTOP, é responsável pelo compartilhamento de informações relevantes ao público do Canal, e pela editoria oficial de materiais que sejam elaborados a pedido da gestão do Grupo DigiCOM Comunicação.