Menu

Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra gripe

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (8) que a campanha de vacinação contra a gripe será prorrogada em todo o país.  Até esta quinta, mais de 21,3 milhões de pessoas se vacinaram contra a doença, o que representa 53,6% da meta estabelecida, que é de atingir 80% do grupo prioritário para a imunização, de 49,6 milhões de pessoas.

A pasta destaca que é importante que as pessoas procurem por um posto de saúde o quanto antes para não deixar para se vacinar nos últimos dias, já que a imunização demora cerca de 15 dias para fazer efeito e no período de frio aumentam as chances de contágio.

Os públicos-alvo da campanha são as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional.

No ano passado, o público infantil incluído na campanha tinha idade de seis meses a 2 anos — houve ampliação, portanto. Segundo o ministério, pessoas com doenças crônicas e “condições clínicas especiais” também devem se vacinar.

Imunização
A imunização via injeção protege contra os subtipos do vírus influenza: H1N1, H3N2 e B. As doses devem ser aplicadas antes do período de inverno.

Segundo o ministério, serão distribuídas neste ano 53,5 milhões de doses da vacina para os 65 mil postos de saúde. De acordo com a pasta, a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonia e de 39% a 75% os índices de mortalidade por influenza.

Ainda de acordo com o ministério, a pessoa que é vacinada não fica gripada em função da imunização.

 

Fonte: G1.globo.com

0

A Redação do OndaTOP, é responsável pelo compartilhamento de informações relevantes ao público do Canal, e pela editoria oficial de materiais que sejam elaborados a pedido da gestão do Grupo DigiCOM Comunicação.