Menu

Overdose de cocaína matou Chorão, aponta laudo

O músico Alexandre Magno Abrão, mais conhecido como Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr., morreu devido a uma overdose de cocaína, segundo laudo necroscópico da Polícia Técnico-Científica de São Paulo. A informação foi confirmada na noite desta quinta-feira pelo delegado Itagiba Vieira, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga a morte do cantor.

O laudo, com ba

Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr., durante entrevista de divulgação de seu filme 'O Magnata', no Hotel Unique, em São Paulo

Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr., durante entrevista de divulgação de seu filme ‘O Magnata’, no Hotel Unique, em São Paulo

se em exame feito pelo Instituto Médico Legal (IML), aponta que o corpo de Chorão tinha 4,714 microgramas da droga por mililitro de sangue, o que aponta para morte por “intoxicação exógena devido à cocainemia”. O vocalista da banda foi encontrado morto no dia 6 de março em seu apartamento no bairro de Pinheiros, em São Paulo.

O apartamento em que o corpo do cantor foi encontrado estava revirado e, segundo afirmou Itagiba na ocasião, com aspecto de abandono. Entre garrafas de cerveja e latas de energético, havia pó branco, levado para análise toxicológica. Pouco depois, em entrevista à TV Globo, a ex-mulher do cantor, a estilista Graziela Gonçalves, atribuiu a morte do músico às drogas. “Ele tinha as corridas dele, ligava para fulano de tal, gente que eu nem fazia ideia, e conseguia”, disse.

0

A Redação do OndaTOP, é responsável pelo compartilhamento de informações relevantes ao público do Canal, e pela editoria oficial de materiais que sejam elaborados a pedido da gestão do Grupo DigiCOM Comunicação.