Menu

Frigorífico do Peixe de Rolim de Moura está abandonado há 4 anos, diz MPF

O frigorífico do peixe de Rolim de Moura ficou pronto em 2009, mas até hoje o lugar nunca recebeu nenhum carregamento com os pescados. A obra foi iniciada em 2002, quando foi dada a ordem de serviço com dinheiro público federal, através do Ministério da Pesca.

Inútil - Frigorífico de  Peixes concluído em 2009 nunca foi utilizado

Inútil – Frigorífico de Peixes concluído em 2009 nunca foi utilizado

A unidade de beneficiamento de pescado é de responsabilidade da prefeitura municipal.  De acordo com o secretário de agricultura do município, só de equipamentos, mais R$ 800 mil foram gastos, entretanto o valor total investido na obra não foi divulgado.O Ministério Público Federal (MPF) já  instaurou inquérito civil e aguarda informações e esclarecimentos das autoridades e órgãos envolvidos.

O lugar que receberia os peixes da região hoje é um labirinto sem uso. Grande parte dos equipamentos instalados foi roubado e o que resta está em péssimo estado de conservação.

De acordo com o secretário de Agricultura, Márcio Soares Barbosa, os motores de refrigeração das mais de quatro câmaras frias do local, as portas, parte do forro e outros equipamentos foram levados por vândalos. “O frigorífico ficou pronto em 2009 e permaneceu por um bom tempo sem vigilantes, com isso vários equipamentos foram roubados. Os equipamentos que sobraram, guardamos em um local seguro, mas estão todos danificados”, afirma Márcio.

Atualmente, o local serve de moradia para insetos e morcegos. O descaso foi visto de perto pelo Ministério Público Federal que visitou o frigorífico recentemente.

Ao G1, o procurador da república José Rubens Plates, do MPF de Jí-Paraná, informou que um inquérito civil foi instaurado e que, agora, aguardam informações e esclarecimentos das autoridades e órgãos envolvidos para que sejam tomadas providências para restauração e funcionamento do local por meio de recomendação e de termo de ajustamento de conduta.

“Estamos aguardando esclarecimentos das autoridades e órgãos envolvidos e esperamos uma resposta para o total descaso com a unidade de beneficiamento de pescado e que a obra seja concluída e cumpra com sua finalidade. Se as medidas não forem cumpridas o Ministério Público poderá pedir o ajuizamento de ação judicial”, garante o procurador.

De acordo com o secretário de agricultura todas as medidas já estão sendo tomadas. “Em janeiro, quando assumimos a nova gestão, tomamos conhecimento do que estava acontecendo. Realizamos uma tomada de contas especial para apurar a responsabilidade quanto ao furto de todo o sistema de refrigeração das câmaras frias e parte elétrica do local. Agora a gente espera uma posição da Policia Civil para responsabilizar os culpados”.

Ainda segundo Márcio, a prefeitura não tem um prazo de quando conseguirá colocar o frigorífico em funcionamento. “Conseguimos uma emenda de R$ 1 milhão concluir as adequações necessárias e compra de equipamentos, mas não temos data de quando vamos conseguir concluir tudo isso”, conclui.

Fonte: G1

0

A Redação do OndaTOP, é responsável pelo compartilhamento de informações relevantes ao público do Canal, e pela editoria oficial de materiais que sejam elaborados a pedido da gestão do Grupo DigiCOM Comunicação.