Menu

Palavra de Especialista >> Ergonomia e Doenças Relacionadas ao Trabalho

A saúde, primeira dádiva do ser humano ao nascer é posteriormente o primeiro bem a ser abandonado enquanto escala de valores.” ( Vieira, 1996 ).

Se você não souber o que é ergonomia, não se preocupe. A grande maioria das pessoas também não conhece essa palavra.

Aulas laborais são aplicadas na EMBRAPA Ergonomia não é um ramo misterioso da ciência, fora da compreensão do homem comum. Aliás, a ergonomia talvez seja uma das tecnologias mais antigas que o ser humano utilizou para conseguir sobreviver. Um homem primitivo, ao escolher um porrete com peso e dimensões mais adequados à sua força e ao comprimento dos seus dedos, sem saber, estava aplicando os princípios básicos da ergonomia.

Como você pode perceber a ergonomia é um conjunto de conhecimentos destinados a aperfeiçoar as relações de homem com as máquinas. Através desses conhecimentos a ergonomia adapta os produtos criados por eles as características humanas. Na verdade, o homem é geralmente forçado a se adaptar com grande sacrifício, a produtos e situações, no trabalho e fora dele, que não levam em consideração as suas possibilidades e necessidades.

Exercícios de Ginástica Laboral - Apenas com acompanhamento de um Profissional

Exercícios de Ginástica Laboral - Apenas com acompanhamento de um Profissional

E embora a ergonomia se aplique a todas as atividades humanas vamos falar nesse texto apenas das situações de trabalho. Infelizmente, apesar do progresso tecnológico dos nossos dias, muitos dos objetos utilizados em nosso meio exigem um grande esforço de adaptação dos seus usuários ou operadores. A ergonomia estuda quais as maneiras corretas que o homem utiliza sua força.  Ou seja, quais os limites máximos para  aplicar a  força numa direção, e qual a extensão do movimento compatível com a parte do corpo que  utiliza: braços, pernas, pés, tronco, etc. Se isso não ocorrer esses esforço repetidos de maneira errada podem causar  danos a estrutura física como as doenças laborais conhecidas como LER / DORT, até à acidentes de trabalhos mais graves que as vezes levam a invalidez e dependendo do local de trabalho morte de muitos indivíduos.

Para quem não sabe LER (lesão por esforços repetitivos ) ou DORT (distúrbio  osteomusculares relacionadas ao trabalho) são doenças caracterizadas pelo desgaste das estruturas músculo esqueléticas que atingem várias categorias profissionais. Entre essas doenças destacamos as tendinites, bursites, sinovites, síndrome do túnel do carpo, entre outras.

As queixas mais comuns da LER/DORT são:

– Dor localizada ou irradiada;

– Desconforto;

– Fadiga;

– Formigamento;

– Dormência;

– Sensação da diminuição de força;

– Choque nos membros;

– Enrijecimento muscular.

 

Para realizar o diagnóstico da LER – DORT,  buscamos dados por meio da história clínica, levando em consideração as atividades realizadas pela pessoa tanto no trabalho, quanto no lazer. Em seguida realiza-se um exame físico geral, dedicando especial atenção aos locais afetados. Exames complementares podem ser solicitados para esclarecer o diagnóstico.

Vendo que a cada dia aumenta mais e mais o uso de aparelhos eletrônicos nas tarefas diárias de trabalho e lazer, especialistas na área de ergonomia e saúde criaram formas de melhorar a convivência entre homem e máquina. Foram criados assim os exercícios laborais que devem ser realizados apenas por profissionais de Educação física ou Fisioterapeuta, muitas vezes dois profissionais atuam em conjunto, promovendo uma abordagem mais completa e direcionada ao problema.

Maneira Correta de Sentar-se ao Computador

Maneira Correta de Sentar-se ao Computador

Os exercícios laborais geram grandes benefícios a saúde física, mental e social do trabalhador. Gerando uma melhora da qualidade de vida e na capacidade de concentração no trabalho, diminuindo o absenteísmo e prevenindo a LER / DORT.

Devemos lembrar que as pessoas que ficam horas em frente ao computador em suas casas também são suscetíveis a esse tipo de lesão e devem tomar algumas medidas preventivas, para não sofrer problemas futuros.

Percebesse o quanto é necessário a união de várias ciências para combater  as causas dessas doenças. Mas não existe formula mágica e apesar de termos criado tantos recursos para tentar amenizar os problemas relacionados as atividades laborais, e de lazer dos indivíduos , ainda nos deparamos  com inúmeros outros desafios que surgem entre a relação homem x máquina.

 


0

Dra. Rita de Cássia Martins
Rita de Cássia é Fisioterapeuta, e escreve para a sessão Palavra de Especialista do OndaTOP a 8 anos. Trabalha com RPG, Fisioterapia Ortopédica e Drenagem Linfática.