Menu

“Nem que a Porca Torça o Rabo” Jeito Confúcio de “fazer”

Confúcio Moura - O Governador de Rondônia trabalha, e bloga tudo o que pensa, questão de transparência, ou atitude virtual

Confúcio Moura - O Governador de Rondônia trabalha, e bloga tudo o que pensa, questão de transparência, ou atitude virtual

Diariamente o Governador do Estado de Rondônia, Confúcio Moura, do PMDB, costuma comentar o dia-a-dia da sua administração em seu blog oficial, no link http://www.confuciomoura.com.br/blog/. Na manhã desta terça-feira (15), não escreveu apenas um texto discorrendo sobre um único assunto, Moura preferiu elencar em tópicos particularidades do que tem observado e reiterar suas prospecções no que diz respeito a resultados no tocante a economia de Rondônia.

Confira as notas de Confúcio Moura na íntegra:

1 – O mistério do crescimento econômico em RONDÔNIA será a conciliação inteligente entre expansão da produção com a preservação ambiental. Um novo código ambiental realista. E um foco ainda sem meio de fazer – que é o de compensar o produtor rural com dinheiro pela preservação da floresta em pé. Não se tem ainda a fonte do dinheiro para se implementar esta politica;

2 – Ontem recebi um extraordinário projeto da Coomapeixe. Uma cooperativa que se propõe fazer a revolução da produção de peixe no Rio Madeira. A criação em tanque rede. Será deste jeito, com ousadia e determinação, além do mais com o terceiro forte que se desenvolverá o nosso Estado;

3 – Estou ansioso para que a Sedam se instrumentalize de gente capaz e meios, para que possa fazer frente aos nossos imensos desafios. Implantar de fato o zoneamento ecologico e economico no Estado. Regularizar as áreas ocupados como Rio Pardo, Jacinopolis e União Bandeirante. Por disciplina e proteção nas unidades de conservações do Estado. E no mais – que a Sedam adquira respeito do povo pelo seu serviço feito;

4 – A Hidrovia do Madeira com os portos serão as maiores obras do Estado. Tudo ficará mais barato para os negócios intenacionais. E RONDÔNIA ficará bem mais competitiva. O preço do frete por água deve baratear ainda mais, talvez cinco vezes mais, e rio todo dragado para maior fluência de barcos e navios;

5 – É público e notório que o dinheiro do Estado e do Brasil é cada vez mais curto para investimentos. Nem por isto podemos parar e nem acomodar. Porque o setor privado tem muito dinheiro. E tem carência de oportunidades para investir. Em RONDONIA é uma timidez só. Vou regulamentar a lei das PPPs e o plano estadual de parcerias. Basta ver o setor mineral, calcário, por exemplo, precisa de investimento na usina de Espigão do Oeste. No setor saúde, Educacão, presidios, portos, pavimentações, florestas, tecnologia. E por aí vai. Temos um mundo de oportunidades para construir juntos;

6 – O slogan do meu governo – destaco bem grande RONDÔNIA – logo abaixo vem – Estado da Cooperação. É assim que eu quero governar em parceria. A minha regra é do ganha ganha. O estado dá a tábua e você dá o prego e o martelo;

7 – Estou em Brasilia a convite da CNI junto com demais governadores da Amazônia. Objetivo é o de conhecer os estudos produzidos pelas federações da construção de eixos comuns para o desenvolvimento regional. Prometo ser um aluno dedicado;

8 – Francamente, não adianta sonhar, nem falar, nem escrever bonito ou feio, o que preciso mesmo é melhorar a gestão pública no Estado. E gestão boa não se melhora sem vontade e sem suar a camisa. O segredo é treinamento, treinamento e treinamento. E ainda mais treinamento. Sem parar. Até o fim dos tempos. Quando tiver cansado – treine mais um pouquinho. E seguir os passos daqueles que iniciaram antes, para não desperdiçar dinheiro e nem tempo. É o que vou fazer, nem que a porca torça o rabo.

 

Fonte: RondoniaDinamica

0

Anderson Guizolfe
Anderson Guizolfe é jornalista, fotógrafo profissional e se aventura no marketing e em novas tecnologias. Faz coberturas fotográficas dinâmicas em diversos eventos, e à 12 anos garimpa informações e notícias entre uma faculdade ou outra, e o serviço público.