Menu

Centro de Recuperação Nova Aliança é Sinônimo de Sucesso no Interior do Estado

O Centro de Recuperação Nova Aliança - CERNA, é um espaço dedicado à reintegrar pessoas

O Centro de Recuperação Nova Aliança - CERNA, é um espaço dedicado à reintegrar pessoas (Clique para Ampliar)

O Centro de Recuperação Nova Aliança – CERNA fundado em 2003, é um exemplo de sucesso nas áreas em que atua, sendo considerado por muitos uma entidade de utilidade pública, atuando junto à sociedade civil e eclesiástica realizando o serviço de recuperação e reintegração dos indivíduos que tiveram envolvimento com dependência química de volta à sociedade.

Saiba Mais: www.CERNA.com.br

A visão que se tem das dependências é de um local acolhedor, espaçoso, com amplos jardins e absolutamente em nada parecido com unidades de ressocialização mantidas exclusivamente pelo poder público. A origem do centro é ligada a um projeto da Igreja Avivamento Bíblico, que tem como presidente, o pastor Marcos Antônio Duarte.

O coordenador das atividades do CERNA pastor João, é o exemplo mais claro de como o trabalho de ressocialização gera bons resultados. “Fui dependente químico por anos, perambulei pelas ruas de diversas cidades e vivi na pele, a situação pela qual muitos dos atendidos aqui passaram.” – relata o coordenador das atividades

Ainda segundo o fundador pastor João, o atendimento em unidades de recuperação, ajudou a amadurecer um sonho a mais, dando assim origem ao centro de recuperação que foi denominado Nova Aliança. Nem todos os centros trabalham com o mesmo fundamento, mas no planejamento pedagógico do CERNA, atividades como paisagismo, construção civil, artesanato, marcenaria, pecuária e a prática de esportes, integram o quadro.

Instalações amplas, arborizadas, com oficinas pedagógicas e atendimento integral

Instalações amplas, arborizadas, com oficinas pedagógicas e atendimento integral

Tudo no centro, é resultado de parcerias, e a própria família é a maior responsável pela recuperação dos internos, hoje um total de 55 homens e 05 mulheres.

São 08 funcionários entre coordenadores, monitores, secretários e pessoal de apoio, alguns trabalhando diuturnamente. O convênio com a prefeitura municipal de Rolim de Moura, garante a assistência médica especializada; e convênios com o Governo de Rondônia, também ajudam na ampliação da infraestrutura. Para um maior apoio, voluntários como psicólogos e até mesmo acadêmicos da FAROL colaboram com o acompanhamento dos até então, dependentes.

Dentre os internos atendidos pelo CERNA, pode-se encontrar desde jovens de 12 anos até senhores com 73 anos de idade e nas mais diversas dependências, indo de algumas drogas lícitas como o álcool e o cigarro, até as ilícitas e alucinógenas como a maconha, cocaína, crack e heroína.

“Amar, Acreditar

Vista aérea do Pátio

Vista aérea do Pátio

e Investir em Pessoas” é a pauta de trabalho no CERNA, e todos que quiserem conhecer o trabalho realizado podem se dirigir até o local, próximo ao CTG de Rolim de Moura, ou na Igreja Avivamento Bíblico. Toda e qualquer colaboração para o Centro, é sempre bem-vinda.

Da Redação – Anderson Guizolfe

0

Anderson Guizolfe
Anderson Guizolfe é jornalista, fotógrafo profissional e se aventura no marketing e em novas tecnologias. Faz coberturas fotográficas dinâmicas em diversos eventos, e à 12 anos garimpa informações e notícias entre uma faculdade ou outra, e o serviço público.