Menu

Aeroporto de Cacoal recebe inspeção da ANAC

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) iniciou na terça-feira (13) a inspeção no Aeroporto Capital do Café, em Cacoal, para verificar se o empreendimento atende às exigências da legislação aeroportuária brasileira. As inspeções continuam durante esta quarta-feira e terminam amanhã (15).

Lúcio Mosquini do DER participa do início da vistoria do Aeroporto de Cacoal, ainda inoperante para vôos comerciais de grande porte

Lúcio Mosquini do DER participa do início da vistoria do Aeroporto de Cacoal, ainda inoperante para vôos comerciais de grande porte

Durante três dias técnicos da Anac farão levantamento de toda a infraestrutura aeroportuária de Cacoal, que inclui o funcionamento da Seção de Combate a Incêndio (Secinc), o programa de segurança, o balizamento noturno, a rede elétrica, o terminal de embarque e desembarque, o pátio de aeronave, entre outros itens, como rede hoteleira, hospitais.

A vistoria é feita pelos inspetores Victor Hugo Mendes e Lycurgo Lage. O diretor-geral do DER, engenheiro Lúcio Mosquini, acompanhou o início dos trabalhos. Ele destaca que o aeroporto de Cacoal já está homologado e que suas instalações estão aptas para a aviação geral (aeronaves de pequeno porte). Disse que governo está negociando com empresas do ramo que pretendem operar vôos comerciais. “Por isso o DER buscou atender as exigências da Anac e solicitou a inspeção para verificar se o aeroporto tem condições de receber aeronaves de grande porte”, completou.

Investimento

Mosquini afirmou que é compromisso do governador Confúcio Moura colocar o Aeroporto Capital do Café em funcionamento, definitivamente. Frisou, ainda, que tudo que está ao alcance do Estado foi realizado com vistas às adequações solicitadas. “O governador quer o aeroporto funcionando. Se tivermos que mudar a cor da pista nós vamos mudar. O que a Anac solicitar, será feito”, garantiu o diretor do DER, lembrando que recentemente o DER instalou no aeroporto o sistema antipagão.

Para o engenheiro, é absurdo toda a estrutura aeroportuária estar pronta, mas sem funcionamento com vôos comerciais. Segundo Mosquini, a empresa Trip pretende operar com um jato de 86 lugares.

Inspeção

Os inspetores disseram que na tarde de amanhã (15) apresentam à direção do DER um relatório preliminar informando se há alguma inconformidade com relação às exigências aeroportuárias. Caso haja algum item que não esteja de acordo com as solicitações da Anac, o DER terá prazo para fazer as adequações. Os técnicos acrescentaram, ainda, que em 20 dias o relatório final da inspeção deve ficar pronto. Em caso de aprovação total, a empresa interessada em operar com voos comerciais poderá solicitar autorização à Anac.

Os inspetores disseram que gostaram da infraestrutura oferecida. No entanto, a análise fica a cargo se seus superiores. Mendes e Lage disseram que, em caso de aprovação, o Aeroporto de Cacoal ficará abaixo apenas de aeroportos com níveis internacionais.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Caetano, disse que o aeroporto de Cacoal está começando do jeito certo, com o governo cumprindo todas as exigências. Disse que a corporação tem homens treinados para trabalhar no local e que aumentará o efetivo, caso necessário.

FONTE: DECOM-RO

0

A Redação do OndaTOP, é responsável pelo compartilhamento de informações relevantes ao público do Canal, e pela editoria oficial de materiais que sejam elaborados a pedido da gestão do Grupo DigiCOM Comunicação.