Menu

Conexão Teen – O Fim de 2010 e as Merecidas Férias

Lá se foi 2010.

Natal, Ano novo. Reveillon. Momento de reunião da família. De férias, de brincar ou se simplesmente se sentar e lembrar do ano que se foi.

De dividir todas as bagunças que fizemos na escola com os pais sabendo que eles não vão poder brigar com você porque estaremos e meio aos tios e avós. Momento de ganhar presente e não dar a ninguém a não ser se for nossa mãe ou  pai que pague.

Momento de contar todos os segredos para aquele primo que mora do outro lado do país, ou simplesmente dar uma abraço bem apertado naquele que mora na tua cidade mais que você já até enjoou de ver. Ah! Fim do ano é a época em que estamos mais sensíveis e é nesse momento em que paramos para pensar no que realmente importa pra gente, no que realmente foi especial e importante nesse novo capitulo de nossas vidas. Lá se vai mais um ano….


Há tantas coisas que eu realmente gostaria de voltar para mudar, e outras mesmo que com cada errinho  faria novamente. Mais nós adolescentes nem sabemos as conseqüências desses erros ainda.  2010 com toda certeza vai deixar muitas saudades. Saudades daquele amigo tão amado que se foi tão de pressa, daquele sonho que a gente realizou.

De encontrar um namorado, de engordar 3 quilos, de ganhar massa muscular, de perder 5 quilos, de conseguir um trabalho, de passar de ano, de escrever e ter coragem de mostrar, de viver, de ir à uma festa com as amigas porque sua mãe lhe disse que só depois dos 15 anos. E aquele sonho de terminar o 3ª ano, mais no último dia de aula ter vontade de voltar para a 5ª serie. Como as coisas mudam, quando a gente amadurece e começa a ver o passado com nossos novos óculos da maturidade. Tá, talvez não tão maduro assim… Né? rsrsrsrs

Como vamos sentir falta daquele amigo que no início do ano a gente jurava amizade eterna e que de repente não foi tão eterna assim. Daqueles amigos que foram morar longe mais que pelo MSN, orkut, blog e tal, a gente esta mais em contato do que se ele estive-se ali do teu lado. É o fim do ano, e ele nos transforma. Quem não vai sentir falta daquela turma onde o que reinava era a bagunça?

É, que falta os bagunceiros vão fazer ano que vem. O fundão vai ficar vazio. rsrsrsr’

Então, aquele pedido, aquele desejo do inicio de 2010 se realizou?

Foi tudo como você tinha planejado?

Sabe, sinceramente, eu espero que você me responda que não…. Que não foi nada da maneira que planejou mais que na verdade foi melhor do que imaginava.

No fundo acho que não devemos escrever uma história no início do ano e ir seguindo ela como roteiro, não. Devemos ir vivendo dia após dia. E escrevendo apenas o que aconteceu. Aposto que quebraremos a cara muitas vezes. Mais ao invés de seguir regrinhas e nunca nos arriscarmos, iremos escrever histórias com muitas quedas, mais muitas “voltas-por-cima” triunfais e ao invés de contos, teremos verdadeiras histórias para contar um dia. Para nossos filhos, netos, bisnetos. Mesmo que hoje você não sonhe nem em se casar.

Tenho certeza que você, que NÓS, não somos os mesmos do início do ano e por incrível que  pareça não perdemos nem um pouco de nossa essência, ou do que é essencial. O que posso falar, aliás, escrever para você agora é que seus sonhos se realizem um por um em 2011 mais que não seja nada convencional e que você se divirta, brinque, brigue, chore, sorria, estude, durma, se esqueça e seja muito feliz.

Com todos os seus defeitos e qualidades. E que você possa ser criança e adulto, mais nunca deixar de ser esse eterno adolescente!

Por Stella Mazzarotto – Editora Conexão Teen

0