Menu

Assaltantes provocam Pânico em ônibus da EUCATUR

Pelo menos 6 homens fortemente armados renderam e manteram reféns por mais de duas horas, 42 passageiros de um ônibus que prestava serviços a empresa Eucatur na madrugada desta terça-feira, 21, em meio a uma plantação de eucaliptos que fica as margens da BR-364.

Após renderem os ocupantes, os assaltantes levaram o ônibus para uma plantação de eucalipto as margens da BR-364

Após renderem os ocupantes, os assaltantes levaram o ônibus para uma plantação de eucalipto as margens da BR-364

Segundo o motorista do ônibus, Rogério Aberto Bruno, 33 anos, eles saíram da cidade de Vilhena por volta da meia noite com destino a capital do estado Porto Velho, quando por volta do quilômetro, 37 da BR-364, um veículo Gol de cor vermelha pareou com o coletivo e os ocupantes apontando armas mandaram com que parasse.

Após ter parado, pelo menos 4 homens entraram no ônibus e começaram a promover o pânico com fortes ameaças, então o veículo foi levado para o meio de uma plantação de eucaliptos que fica as margens da BR a cerca de 20 quilômetros de Vilhena.

Lá os marginais passaram a revirar as bagagens dos passageiros jogando roupas no chão, as malas de modo geral foram cortadas com faca ou canivete, sendo que tudo de valor foi subtraído, tais como celulares, dinheiro, jóias, eletroportáteis e remédios. Os assaltantes ainda não satisfeitos passaram a ameaçar as crianças que estavam no ônibus para fazer pressão psicológica.

Celulares, dinheiro, jóias, eletroportáteis e até remédios foram roubados.

Celulares, dinheiro, jóias, eletroportáteis e até remédios foram roubados.

Após apanhar tudo que era de interesse os marginas obrigaram com que os homens tirassem parte das roupas, ficando semi-nus e por volta das 03h00 fugiram tomando rumo incerto. Uma mulher conseguiu manter um celular escondido e após a fuga dos bandidos acionou a polícia.

Segundo uma passageira o veículo que os assaltantes utilizaram estava com as placas encobertas dificultando assim sua identificação, até mesmo houve a possibilidade de não ter sido um gol o veículo utilizado para cometer o crime.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) Militar e Civil, agora trabalham para identificar e capturar os acusados.

0

Anderson Guizolfe
Anderson Guizolfe é jornalista, fotógrafo profissional e se aventura no marketing e em novas tecnologias. Faz coberturas fotográficas dinâmicas em diversos eventos, e à 12 anos garimpa informações e notícias entre uma faculdade ou outra, e o serviço público.