Menu

As Fortes Chuvas de Minas – BH Sob as Águas

Uma pessoa morreu em decorrência de chuva forte que caiu durante toda a madrugada desta terça-feira (23) em Belo Horizonte e na região metropolitana da capital mineira.

No início da manhã de hoje, aproximadamente 40 pessoas tiveram de ser resgatadas de um ônibus que ficou preso em um alagamento. Os homens do Corpo de bombeiros usaram botes, boias e um helicóptero para o resgate dos passageiros. O veículo ficou ilhado na avenida Sebastião de Brito, localizada no Bairro Dona Clara, região nordeste da capital, uma das áreas mais afetadas pela chuva da madrugada.

Chuvas Fortes na Capital Mineira trazem prejuízo e morte

Chuvas Fortes na Capital Mineira trazem prejuízo e morte

Segundo informações do Corpo de Bombeiros do Estado, o homem que morreu durante a madrugada ainda não foi identificado, mas tem idade aproximada de 38 anos e morreu por afogamento na Vila Fazendinha, região nordeste da cidade, após a casa em que morava ter sido invadida pela enxurrada provocada pela tempestade.

Além da morte, os bombeiros atenderam várias ocorrências relativas a inundação, quedas de árvores e desabamentos de imóveis e carros arrastados pela correnteza.

A Avenida Cristiano Machado, uma das vias mais importantes da capital mineira, teve parte da pista inundada, nos dois sentidos, próxima aos bairros Dona Clara e 1º de Maio, também na região nordeste da capital, o que deixou também alguns moradores do local ilhados dentro das casas. Motoristas enfrentaram trafego caótico na manhã de hoje em várias regiões da cidade em razão da chuva.

Segundo o meteorologista Ruibran dos Reis, do Centro de Meteorologia Minastempo, choveu 146 mm em seis horas, o equivalente a 64% da chuva esperada para todo o mês de novembro. “O que era esperado de chuva para 18 dias caiu em 6 horas”, disse o especialista. Ainda segundo ele, não há previsão de chuvas intensas para o restante do dia.

“Devemos ter chuvas mais moderadas até a próxima sexta-feira”, disse Reis.

Deslizamentos

Os bombeiros socorreram três pessoas soterradas por escombros da casa onde estavam após o imóvel ter sido atingido por deslizamento de terra –entre as vítimas estava uma criança de 8 anos. O acidente foi no bairro Ouro Preto, região da Pampulha, em Belo Horizonte. Outras casas foram interdidas na rua. Ainda não há boletim sobre o estado de saúde dos resgatados. Segundo a Fhemig (Fundação Hospitalar de Minas Gerais) as vítimas do soterramento tiveram pequenas escoriações e estão muito assustadas com o acidente. Mas não correm risco de morrer.

Também houve falta de energia em vários pontos da capital mineira, mas, segundo a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais), foram casos isolados.

Segundo a defesa civil de Belo Horizonte, foram registradas 95 chamadas desde a meia noite. A maioria era de pessoas relatando risco de inundação e informando a existência de infiltrações e trincas em imóveis.

Fonte: Uol Notícias

0

Anderson Guizolfe
Anderson Guizolfe é jornalista, fotógrafo profissional e se aventura no marketing e em novas tecnologias. Faz coberturas fotográficas dinâmicas em diversos eventos, e à 12 anos garimpa informações e notícias entre uma faculdade ou outra, e o serviço público.